quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Linda mulher com rara síndrome quer encontrar o amor

A irlandesa Kate Quinn nasceu com uma rara síndrome que atrofia toda a parte do organismo abaixo da cintura, conhecida como Síndrome da Regressão Caudal.

Kate descobriu a doença há dois anos, mas ela, que tem 25 anos, tem notado que seu corpo deixou de se desenvolver na idade de 14 anos, fazendo-a ficar com apenas 1 metro e 45. Seu organismo se comporta como o de uma garota de 12 anos.

Kate está ansiosa para alguma cura para o seu problema que, além da aparência disforme abaixo do tronco, retardou a sua puberdade, ainda não alcançada. Tratamento de hormônios foram feitos nela, sem sucesso.

Ela acredita que se não atingir a cura, ela pode vier solitária, sem ter um companheiro para viver. Que nada, Kate! Se você vivesse perto de mim, já teria um, pois te achei muito linda e sua história já traz muitas lições de vida, além de sua deformidade servir para um cavalheirismo mais amplo, de minha parte.

De qualquer forma, desejo sorte a bela Kate. Mesmo que não encontre a cura para o seu mal, que o seu caso comova mais as pessoas, fazendo aparecer alguém com capacidade de fazê-la feliz, lutando para superar junto com ela esse desafio.

Mas se houver um meio de eu me contactar com ela, eu me candidato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.