domingo, 22 de janeiro de 2012

Carla Bruni diz que ninguém pensa no futuro quando quer ter filhos

A primeira dama da França, a ex-modelo, atriz, cantora e compositora Carla Bruni, deu uma declaração bastante sensata a respeito da gravidez. Ela disse que não consegue entender porque todas as pessoas quando falam em ter filhos, não se preparam para uma criação difícil num mundo cada vez mais complexo. Segundo ela - e é um fato - as pessoas só pensam no lado bom, quando decidem ter filhos. Ela admitiu que no caso dela, não haverá problema na hora de criar seu filho, apesar de estar preparada para possíveis dificuldades.

E é isso mesmo. A maioria das pessoas se esquece que ter um filho envolve um complicado processo de criação. Fica a impressão de que as pessoas só querem ter filhos para se auto-afirmarem como adultos para a sociedade (ou para proverem para si mesmos que "o corpo funciona"), numa espécie de modismo sazonal que apenas lhes traz uma satisfação de auto-estima. Quando o rebento chega, num clima de extrema euforia, como se criar um filho fosse a coisa mais fácil do mundo, mal sabem o que fazer com ele. E aí vemos as consequências de uma criação irresponsável, gerando pessoas cada vez mais arrogantes, teimosas e ignorantes.

Se os pais fossem mais prudentes - e a prudência não é um traço forte do brasileiro - talvez educassem melhor os seus filhos, sempre atentos ao desenvolvimento de suas personalidades, fazendo com que cada geração fosse melhor do que a anterior, algo que na prática acontece ao contrário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.