quinta-feira, 14 de abril de 2011

Fat is Beautiful



Vivemos em uma sociedade muito exigente. para ser considerado "interessante" afetivamente, a pessoa é obrigada a seguir a um padrão de medidas imposto pela mídia e pelas regras sociais. Quem não segue é desprezado e até humilhado e pode ser condenado a solidão.

Sinto na pele isso porque o padrão de beleza masculina é o branquelo alto e esbelto, como os jogadores de vôlei. Por isso nunca fui exigente com padrões na hora de escolher uma mulher. Para mim, o que vale é a beleza facial (que serve como "isca") e a personalidade, junto com a energia que ela transmite. Mas a sociedade também é cruel com as mulheres.

Sempre tive uma queda por Jennifer Love Hewitt, que considero uma das mais belas e charmosas entre as mulheres famosas. Pelo que se observa na foto, ela engordou assustadoramente. Perguntem a mim se meu fascínio por ela acabou. A resposta certa é: não. Continuo gostando dela colmo sempre gostei.

E sabe que ela virou uma gordinha sexy, gostosa? Ela é baixinha e para mim ainda continua o meu ideal de mulher. Até realçou as curvas, os seios...

Hewitt está como costumam dizer: com "excesso de gostosura" só que no caso dela "excesso de gostosura" não é nem metáfora nem eufemismo, é literal. Está bem gostosa.

Me solidarizo com Hewitt contra as críticas que está recebendo, vindo de uma sociedade padronizada, que ama a padronização, que odeia diversidade e que dificultam a realização de vida de pessoas que não se espelham aos padrões vigentes. Eu é que conheço os obstáculos que tenho que encarar para alcançar os meus objetivos.

Jennifer Love Hewitt, um recado: você ainda é lindíssima, apaixonante, muito gostosa e continuo amando intensamente como sempre amei. Nunca ligue para o que irão falar e viva a sua vida sendo você mesma, com todo o charme que só você tem. Tenho certeza que muitos homens além de mim ainda estão babando por você. Eu te amo, gordinha sexy.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.